Você pode visitar neste site a exposição do Salão Paulista de Arte Naïf  on line! Clique aqui!

Convidamos vocês para a segunda etapa do SP Arte Naïf, que abre dia 27 de novembro 2021 às 19 horas no Museu Municipal de Socorro-SP. A exposição vai até dia 8 de janeiro 2022.

O Salão Paulista de Arte Naïf é  realizado pela Totem, Barthô Naïf e Cia Arte Cultura,  homenageia o artista José Antonio da Silva e apresenta mais de 190 obras de artistas de 39 cidades do Estado de São Paulo, compreendendo os que foram selecionados por meio de edital público, que recebeu 141 inscrições, e artistas convidados, entre eles Graciete Ferreira Borges, a última companheira de Silva.

O Salão expõe também obras de artistas paulistas ícones da arte naïf como Agostinho, Aparecida Azêdo, Cássio M’Boy, Djanira da Motta e Silva, Iracema Arditi, Maria Auxiliadora, Ranchinho, Raquel Trindade e Thiê.

 

Em sua primeira etapa entre os dias 26 de junho e o 29 de agosto 2021, o SP Arte Naïf estabelecu um diálogo conceitual e material com as obras do acervo do MAS-SP, apresentando – além da Via Sacra do Silva – 28 esculturas populares do Vale do Paraíba do século XVIII e XIX, esculpidas em Nó de Pinho, pelos africanos e descendentes; e 10 esculturas “Paulistinhas”, de Dito Pituba, em barro cozido, do século XIX, que pavimentam o aparecimento de uma arte naïf paulista.

A curadoria é assinada por Marinilda Boulay,  Odécio Visintin Rossafa Garcia e Paco de Assis.

A Comissão Artística responsável pela escolha dos artistas inscritos em  edital público, foi formada pela museóloga do MAS-SP Beatriz Augusta Corrêa da Cruz, pelo crítico de arte Oscar D’Ambrosio e pelo professor de História da Arte Romildo Sant’Anna.

Foto pertencente ao acervo do Museu de Arte Primitivista José Antônio da Silva.

As obras  desta edição apresentam técnicas como pintura, colagem, desenho, aquarela, gravura, escultura, entalhe, bordado, costura, e modelagem

O Salão Paulista de Arte Naïf  ocupa dois museus, mas apresenta uma só mostra, ampla e plural como nosso Estado! Ele recebe a maior exposição da produção naïf de São Paulo dos últimos tempos. A Mostra inicia no MAS-SP onde fica entre 26 de junho a 29 de agosto 2021, e segue para o Museu Municipal onde pode ser visitada entre 27 de novembro 2021 e 08 de janeiro 2022, tendo como proposta fomentar a arte naïf paulista criando um espaço de valorização, difusão e circulação das obras e dos artistas pertencentes a esta estética.

Acompanhe o Salão Paulista de Arte Naïf nas redes sociais:

#spartenaif

@spartenaif 

 

José Antonio da Silva (1909-1996), Sales de Oliveira, SP - São Paulo, SP Retrato de Graciete, 1984 - OST - 58 x 40 cm
Graciete Borges (1953), Irecê, BA - reside em São Paulo, SP Retrato do Silva de preto, 2021 - OST - 40 x 30 cm
Ressurreição de José Antonio da Silva ícone da história da arte naïf paulista, homenageado pelo Salão Paulista de Arte Naïf. 
Obra pertencente ao Acervo MAS-SP, foto de Iran Monteiro.
 

Este projeto é uma realização do Governo do Estado de São Paulo, da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo, do ProAC (Programa de Ação Cultural).

Dúvidas e informações: 

spartenaif2021@spartenaif.com.br ou: 19 9 99 17 62 17